Google manda carta de despedida emocionante aos usuários do Orkut; veja

screen_shot_2014-06-30_at_11.46.37_amA maioria já sabia, mas na quinta-feira (3) o Google enviou e-mails de despedida aos usuários do Orkut. “Após dez anos de conversas e conexões sociais on-line, nós decidimos que é hora de começar a nos despedir do Orkut”, começa o texto, que lembra que ao longo da última década outras ferramentas tiveram um crescimento superior ao do Orkut. “Por isso, decidimos concentrar nossas energias e recursos para tornar essas outras plataformas sociais ainda mais incríveis para todos os usuários”, diz o texto. Também é informado que a rede social não estará mais disponível após 30 de setembro. “Até lá, vamos mantê-lo no ar, sem grandes mudanças, para que você possa lidar com a transição”. “Foram 10 anos inesquecíveis. Pedimos desculpas para aqueles que ainda utilizam o Orkut regularmente”, diz a carta. Para resgatar as informações, o usuário deve usar o Google Takeout (disponível até 2016). Um arquivo com todas as comunidades públicas que ficará online. “Foram 10 anos inesquecíveis. Pedimos desculpas para aqueles que ainda utilizam o Orkut regularmente. Esperamos que encontrem outras comunidades online para alimentar novas conversas e construir ainda mais conexões, na próxima década e muito além”. FIM! Uma petição online pedindo ao Google que não acabe com o Orkut foi criada terça-feira (1º) e, ontem (3), às 21h, já contava com 76,8 mil assinaturas virtuais. O texto na página do Avaaz.org argumenta que “O Orkut, mais do que uma antiga rede social, possui um importante sistema de organização de fóruns nas chamadas comunidades. O layout permite a visualização rápida e precisa dos tópicos que compõem o fórum. Atualmente, o site abriga vários fóruns de nicho com várias postagens diárias sobre os mais variados assuntos”. Os usuários reclamam que o modelo de comunidades disponível no Google Plus, para onde foi sugerido que os orkuteiros migrassem, se assemelha aos grupos do Facebook, não atendendo às necessidades de seus usuários. O idealizador da iniciativa foi o estudante de jornalismo paraibano Peter Shelton, de 23 anos e acessos diários ao Orkut desde os 15. Segundo o paraibano, a rede social tem o melhor sistema de fóruns que existe. Em um vídeo, no Youtube, ele diz que não tem nada contra as outras redes sociais e cita a diversidade de comunidades existentes no espaço virtual. “Podemos contar com a sua participação. Vá lá no Avaaz, dê seu clique e proteste. Contamos com você”.