Grávida não acha vaga em hospital estadual na Bahia e tem filho dentro de carro

parto_mulherApós não achar vaga em hospital, uma mulher teve o filho dentro do carro do vizinho na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador. A dona de casa Alessandra dos Santos Rodrigues entrou em trabalho de parto por volta das 6h de quarta-feira (20), quando o marido, Dermival Santos, pediu uma carona ao vizinho para levá-la ao Hospital Clériston Andrade.

Ao chegar no local, a unidade de saúde não tinha vaga e a gestante seguiu para um outro hospital da região. Porém, ao passar pela Avenida João Durval, uma das mais movimentadas de Feira de Santana, a mulher não aguentou esperar e teve o filho dentro do carro. “Nunca pensei que iria acontecer algo assim, mas graças a Deus deu tudo certo e agora a mãe está de parabéns. À equipe do Samu eu agradeço mais uma vez, foi muito rápida”, disse o vizinho de Alessandra, Gerônimo Costa, que registrou o momento do parto.

A dona de casa contou também com ajuda de Hélio Ferreira, dono de um salão de beleza que fica na avenida. “O pai estava muito nervoso, muito mesmo. Ele atravessou a pista correndo e não sabia o que fazer. Estava desesperado. Aí ele pediu para ligar para o Samu e eu chamei rapidamente”, contou o cabeleireiro.

Uma ambulância do Samu chegou logo após o parto e levou mãe e a criança, um menino, para uma maternidade da cidade. Os dois passam bem, mas ainda não têm previsão de alta. A criança, que ganhou o nome de Miguel, nasceu com 2,860 kg e 49 cm. O bebê é quarto filho do casal.

A direção do Hospital Clériston Andrade disse que o hospital só faz partos de alto risco e que neste caso ela deveria ter procurado outro unidade de saúde.

G1/BA