“Greve Geral” operários da construção fazem passeata em Salvador

650x375_greve-construcao-bahia-destaque-do-dia_1399620Os trabalhadores da construção realizam uma passeata em Salvador na manhã desta segunda-feira, 24, quando foi iniciada uma greve em todo o estado. Enquanto um grupo foi até a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), outro protestou na avenida ACM e o terceiro no Vale do Canela.

A paralisação foi decretada em uma assembleia realizada na última sexta, 21, no Largo de São Bento, que reuniu cerca de cinco mil operários.

A categoria reivindica reajuste salarial de 10$, além do acréscimo de R$ 40 na cesta básica para todos os trabalhadores e da correção do piso salarial dos cadastristas.

650x375_greve-construcao-bahia-destaque-do-dia_1399684De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e da Madeira do Estado da Bahia (Sintracom), o patronato ofereceu um reajuste de 5,56%, com a inclusão de aviso prévio e cotnrato de trabalho conforme a lei.

As propostas foram apresentadas durante uma reunião na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). Participaram representantes do Sintracom, da Federação dos Trabalhadores (Fetracom-BA), Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da construção Civil de Camaçari (Sinditiccc) e Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção de Candeias (Siticcan), além do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon), representando o patronato.

Nesta segunda, às 14h, os trabalhadores realizam uma nova assembleia no Largo de São Bento. Ainda não estão previstas novas reuniões com o patronato e a greve segue por tempo indeterminado.

A Tarde