Homem estrangula esposa na BA após flagrar vizinho saindo de sua residência

aasssAcusado de estrangular a namorada dentro de uma residência no bairro de Luís Anselmo, em Salvador, no final de semana, o auxiliar de serviços gerais Adenício dos Santos Filho, de 33 anos, foi preso na quarta-feira (25), em Saramandaia. De acordo com a Polícia Civil, ele foi encontrado na casa de uma irmã, para onde fugiu logo após o crime.

O corpo de Jucilene Oliveira Santos, 36 anos, foi encontrado na cama por parentes de Adenício que foram até a casa dos dele, localizada na rua Armando Tavares, na manhã de domingo (22). Não havia sinais de briga nem de invasão, o que sinalizava um agressor conhecido. Como Adenício saiu de casa e não voltou, a polícia suspeitou desde o início da autoria do crime.

Em depoimento, Adenício afirmou que estrangulou a companheira após uma briga por ciúmes. Ao voltar para casa depois de comprar cervejas, ele teria encontrado um vizinho saindo da residência. Ao questionar a mulher sobre a presença do rapaz, Jucilene – que teria sido encontrada abotoando a bermuda – teria afirmado que tinha acabado de manter uma relação sexual com o vizinho e que não era a primeira vez. Adenício, que já suspeitava do fato, acabou estrangulando a mulher após uma discussão. O crime aconteceu por volta das 2h30 da madrugada de sábado, provavelmente enquanto a mulher dormia.

Durante a prisão, Adenício ainda tentou fugir da casa da irmã, mas não obteve êxito. Ainda de acordo com a polícia, o auxiliar de serviços gerais, que está desempregado, tem um filho de 7 anos, fruto de outra relação. Jucilene era mãe de cinco filhos, com idades entre 7 e 18 anos. As investigações mostraram ainda que Jucilene também se relacionava, há seis anos, com outro rapaz que mora na cidade de Entre Rios.

Adenício foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira (26) no auditório do edifício-sede da Polícia Civil, na Praça da Piedade, pelas delegadas titulares Maria Dail Sá Barreto, da 6ª DT/Brotas, e Jamila Cidade, da 1ª DH/Atlântico. Em seguida, ele foi encaminhado ao Complexo Policial da Baixa do Fiscal, onde permanecerá custodiado, à disposição da Justiça.

*Com informações do repórter Victor Lahiri/Correio 24 Horas