Homem mata chefe a facadas na BA após ter pedido de férias negado

340x255_preso-homicidio_1405264Um vendedor ambulante matou o chefe após ter o pedido de férias negado em Itatim (a 200 kms de Salvador). Francinaldo Pereira, de 39 anos, disse que tinha mais de um ano que não tirava férias e que por isso pediu licença para viajar para ver a família, que mora no Rio Grande do Norte.

O chefe não concedeu o descanso ao funcionário e disse que se ele fosse iria matá-lo, de acordo com o acusado. Os dois discutiram e Francinaldo esfaqueou a vítima. Ele alega que estava bêbado e se arrependeu do crime.

Francinaldo também diz que trabalhava em regime de escravidão e como era remunerado apenas com comissão, tinha dia que não recebia nem o suficiente para comer. (A Tarde)