Homem mata rival dentro de cemitério enquanto fumavam maconha no interior da Bahia

2522zxjnm3_bq3gw8kin_fileUm homem foi preso com um revólver calibre 38, no município de Belmonte, no sul do Estado. O assaltante e traficante Aleandro Silva da Conceição, o “Pesadelo”, é acusado de matar um rival do tráfico, dentro do cemitério do distrito de Barrolândia.

Foragido da Delegacia Territorial (DT) de Itamaraju desde 2013, “Pesadelo” confessou ao delegado Wendel Ferreira, titular da DT/Belmonte, ter utilizado a arma apreendida para matar, com um tiro na cabeça, o xará Aleandro dos Anjos Cardoso, o “Tal”, que teria ordens de um presidiário, do Conjunto Penal de Eunápolis, para matá-lo.

De acordo com o acusado, o crime ocorreu quanto os dois fumavam maconha no interior do cemitério de Barrolândia. Segundo ele, a vítima tentou golpeá-lo com uma faca, mas, antes que o atingisse, reagiu e atirou contra o xará.

A arma e as três munições apreendidas foram encaminhadas para perícia no DPT (Departamento de Polícia Técnica). O acusado, cuja prisão preventiva já foi solicitada, responde a inquéritos por tráfico de drogas, roubo e homicídios, em Itamaraju. O homem está custodiado na Delegacia Territorial de Belmonte, desde o dia 14 de maio. (R7/BA)