Homens são presos se passando por policiais na micareta de Feira de Santana

RTEmagicC_suspeitosilegais.jpgNove pessoas foram detidas na madrugada desta sexta-feira (24) se passando por policiais na micareta de Feira de Santana. O grupo faz parte de um grupo de seguranças clandestino, segundo a Polícia Civil de Feira, que presta serviços na área mesmo sem ter nenhuma formação para isso. O grupo é comandado por um sargento da reserva da Polícia Militar de Feira de Santana.

De acordo com o delegado João Uzzum, os nove irão responder por constrangimento, lesão corporal – deram socos e tapas em um dos ‘detidos’ – e usurpação de função pública. Todas estas infrações são consideradas de menor potencial ofensivo e, por isso, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência e todos foram liberados.

O delegado explica que o grupo estava na micareta agindo com força de polícia, fazendo abordagem e inclusive prendendo e algemando pessoas. “Ficamos sabendo dessa situação e fomos até um posto, onde encontramos e detivemos todos”, diz.  “Vamos instaurar um inquérito e partir daí investigar essa situação que pode ser um caso de milícia”, explica o delegado. Segundo ele, a partir da investigação todos podem responder por formação de quadrilha.

O grupo presta serviços em Feira de Santana e várias cidades da região, como Rafael Jambeiro e Conceição de Feira, mas agia na micareta sem contratante. “Ninguém pagou para eles, estavam descendo e subindo (a avenida) para se exibir, como uma espécie de marketing do serviço”, acrescenta Uzzum em entrevista ao Correio24horas.

Com o grupo, a polícia apreendeu coletes de agente especial, algemas, cassetetes e uma faca.

Com informações d Correio24horas (Foto: Ney Silva/Acorda Cidade)