Hospital Confirma morte de bebê espancada pela babá em Feira de Santana

56357-3Às 9h59 da manhã de ontem(5) os médicos do Hospital Estadual da Criança (HEC), confirmaram a morte encefálica da pequena Maria Luiza Pereira, de um ano, que estava em coma profundo após suspeita de agressão praticada pela babá, Geane Oliveira Santos.

A mãe da criança, Viviane Pereira, esteve no Departamento de Polícia Técnica (DPT) na tarde deste domingo (6), e disse ao Acorda Cidade que os médicos apresentaram os documentos do protocolo de morte encefálica e que os exames foram repetidos duas vezes. O resultado foi levado para Salvador e às 20h30 de sábado a morte de Maria Luiza foi oficializada.

“Minha filha era uma criança tão alegre. Agora espero justiça. Peço a prisão dela. Mesmo depois que ela confessou as barbaridades que fez com minha filha a justiça a liberou”, lamentou Viviane.

Ela decidiu doar os órgãos da filha e destacou, durante entrevista ao Acorda Cidade, o empenho dos médicos do hospital em salvar a criança.

“Os médicos fizeram de tudo para salvar a vida da minha filha, mas infelizmente não foi possível. Vou tirar uma criança da lista de espera por um transplante. Eu e meu marido liberamos a doação dos órgãos Ela está me dando a tristeza por ter ido embora, mas vai poder dar alegria para uma outra mãe. Minha filha vai ficar viva em algum lugar”, declarou emocionada.

Viviane também falou sobre um sonho que teve antes de saber da morte da filha. “Eu sonhei com uma chuva muito forte e ouvi alguma coisa dizendo doa meus órgãos e quando eu tive a notícia a médica perguntou se eu aceitaria fazer a doação e eu aceitei”, concluiu.

Fonte: Acorda Cidade