Hospital regonal de Juazeiro é denunciado ao MP após atendimento ser suspenso

tttA Secretaria de Saúde de Juazeiro denunciou o Hospital Regional da cidade, no norte da Bahia, ao Ministério Público e à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), após a unidade começar um plano de reestruturação emergencial e suspender o atendimento ambulatorial e de cirurgias. Somente os serviços de urgência e emergência estariam sendo realizados.

“A responsabilidade do contrato é entre o Governo do Estado e o IMIP [responsável pela administração do hospital]. Todo governo municipal está preocupado porque afeta toda a população de Juazeiro e toda a região. A gente espera o mais rápido possível que isso seja resolvido. Não estamos medindo esforços para estar dialogando, tanto com o Governo do Estado, IMIP, a fim da retomada total dos atendimentos”, afirma o secretário de Saúde de Juazeiro, Cássio Garcia.

O plano de reestruturação emergencial contemplaria a redução nos gastos para um valor próximo ao repassado pela Sesab. De acordo com o órgão, o IMIP tem que cumprir o contrato firmado até 2015, e deve voltar a atender a população. O órgão afirma ainda que na próxima semana será realizada uma reunião com a direção do hospital. (Com informações do G1/BA)