Império: cenas de sexo ousadas são cortadas para não afastar telespectador conservador

RTEmagicC_marina2.jpgA novela “Império” está deixando de exibir algumas cenas com medo de afastar o público, segundo o “Extra”. Depois do beijo gay entre Cláudio (José Mayer) e Leonardo (Klebber Toledo), outras cenas mais ousadas também ficaram na sala de edição da trama global.

Uma cena entre Reginaldo (Flávio Galvão) e Tuane (Nanda Costa) foi mais uma vítima. No capítulo, o empresário empurrava a cabeça da mulher para baixo, deixando subentendido que ela praticaria sexo oral nele. O trecho acabou sendo cortado e não foi exibido para o público.

A justificativa é que não é necessário chocar o público, que tem aceitado bem tudo que está acontecendo na novela neste sentido até agora – em comparação, “Em Família”, a trama anterior, teve problemas.

O diretor Rogério Gomes tem “pegado leve” já nas gravações para evitar necessidade de cortes. Ele chegou a pedir que Alexandre Nero e Marina Ruy Barbosa aparecessem mais vestidos em uma cena que deveriam aparecer quase nus. Na cena em que Érika (Letícia Birkheuer) flagraria um beijo intenso entre Cláudio e Léo também houve mudança.

Até agora, a estratégia tem dado certo – a novela bateu recorde de audiência na terça, com 39 pontos e 58% de share.