Itiúba: Advogado da coligação “Unidos pela Renovação” fará novas denuncias contra Banga

    SAM_3286A Coligação, “UNIDOS PELA RENOVAÇÃO” nesta manhã constituiu como representante da mesma junto a Justiça Eleitoral de Itiúba, o renomado Dr. Pedro Cordeiro para acompanhar o processo já em andamento que foi oferecido pelo MP no mês de dezembro a Justiça Eleitoral que acusa o prefeito Silvano Santos Carvalho “Banga” sobre a prática de compra de votos na Eleição de 2012.

    O advogado da coligação, “UNIDOS PELA RENOVAÇÃO”, Dr. Pedro Cordeiro irá também entrar com outras denuncias crimes contra o prefeito Eleito de Itiúba, por compra de votos e abuso do poder econômico, praticados na Eleição do ano passado:

    a) A COLIGAÇÃO ITIÚBA CADA VEZ MELHOR DO CANDIDATO BANGA (PT), na pessoa do Secretário de Esporte Edmundo Reis foi flagrado em foto e vídeo cometendo um crime de conduta vedada gravíssima, o Secretário e Coordenador da campanha do candidato do PT esteve transportando diversas manilhas para construção de esgoto em Rua do Povoado de Rômulo Campos, à 18 km da sede, em seu veículo particular e cheio de propaganda Eleitoral do seus candidatos a vereador e a Prefeito no dia 10 de setembro de 2012 para beneficiar seus candidatos junto ao eleitoral da referida rua. O crime está registrada em vídeo e fotografias e mostra claramente a irregularidade cometida pelo gestor da Secretária de Esporte de Itiúba na época.

    O prefeito Banga e seu vice Zé do Rádio terão que responder por mais 04 (quatro) denuncias representadas pela Coligação, “UNIDOS PELA RENOVAÇÃO”, fora as 09 (nove) denuncias já impetradas pelo representante do MP, Dr. Samuel de Oliveira Luna, com isso, já somam 13 (treze) denuncias contra a coligação “ITIÚBA CADA VEZ MELHOR” do município de Itiúba e a ex gestora Cecília Petrina de Carvalho por conduta vedada à agente público.

    Portanto, a cada dia que passa, fica claro porque o candidato Silvano Santos Carvalho (Banga) e seu vice ganharam as últimas eleições na cidade de Itiúba, agora a população espera ansiosa uma resposta da Justiça Eleitoral na condução dessas denuncias fundamentada punam os culpados no rigor da Lei 9.504/97, que estabelece a cassação do mandato e multa para os candidatos que agem sem lisura no pleito eleitoral.

    Fonte: ABELHA NEWS