Itiúba: Sem aterro sanitário, moradores flagram prefeitura jogando lixo no estádio de futebol

aterroDepois de muitas manifestações de moradores no município de Itiúba por causa dos Resíduos Sólidos, o município continua armazenando o lixo em locais impróprios.

No ano de 2006 o Ministério Público notificou a ex-prefeita do município na época, Cecília Petrina (PT) sobre as irregularidades apontadas sobre o descarte irregular do lixo na localidade conhecida por Embaixadora, no bairro da Piaba, onde sempre residiram diversas famílias próximas ao LIXÃO que contaminou o solo e está localizado há 500 metros das residências e da rodovia BA-381, no perímetro urbano, afetando assim a saúde dos moradores.

Nesta época, foi emitido um documento pelo Promotor de Justiça, Dr. Samir Nassif, conhecido como TAC (TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA) recomendando a ex-prefeita a providenciar a retirada do LIXÃO deste local e colocar em um Aterro Sanitário adequado, conforme a Lei. A ex-gestora se comprometeu junto ao MP a resolver o problema do LIXÃO, passados alguns meses, a Prefeitura adquiriu um terreno na Fazenda Fechado com a promessa da construção do Aterro Sanitário para o armazenamento do lixo do município de forma adequada como manda a Lei de resíduos sólidos. No entanto, seus dois mandatos se encerraram e o TAC não foi cumprido pela ex-prefeita e tampouco por seu sucessor nestes dois anos e meio de digestão.

Enfim, depois de 10 (dez) anos que foi proferida esta recomendação pelo MP, nada foi cumprido, trazendo para os dias atuais a Polêmica do lixo, nunca vista no município, onde o atual Prefeito Banga (PT) não está tendo competência para dar um destino devido aos resíduos sólidos do município. A Prefeitura já tentou alocar o lixo em áreas da sede, da Fazenda Fechado, Distrito de Rômulo Campos e por último no Povoado de Varzinha das Olarias, que desencadeou uma revolta aos munícipes destas localidades, que resolveram se manifestar e impediram o armazenamento do lixo nos locais.

Quem imaginava o fim desta Polêmica, viu a situação agravar-se, quando moradores nesta manhã de quinta-feira (14) flagrou o Caminhão Compactador de Lixo depositando o lixo coletado na sede do município, nada mais, nada menos, que dentro do Estádio Municipal Raimundo Matos, espaço para a prática esportiva. É impressionante, transformar o único estádio de Futebol em depósito de lixo. É um absurdo!

Por: Renilson Ramos com fotos de moradores e informações do CEAMA/MP.