Ivete abre o coração e fala sobre maternidade e carreira

Mãe de três, Ivete Sangalo repensou toda a agenda profissional para não precisar carrega-los para todos os compromissos e não precisar morrer de saudades.

— O meu primeiro filho eu carregava para muitos lugares. Hoje, até por serem duas pequenininhas da mesma idade, requer muita atenção. Estabeleci comigo mesmo uma pequena exaustão em benefício do conforto dos três. Saio de caso, pau, pau e volto… Depois de 25 anos de carreira, cabe esse esforço e organização. E não deixei de fazer nada — diz Ivete, depois de gravar o “Show da virada”, da Globo.

Foto reprodução

Como o fim de ano é mais movimentado, por ser verão, ter o réveillon e ainda uma gravação de DVD vindo por aí, a cantora aumentou a equipe a sua volta e passou até a ensaiar em horários inusitados.

— Otimizei minha equipe, ensaio enquanto todo mundo dorme. Não penso em reduzir, e sim manter o ritmo que estabeleço para a minha carreira. Não dá para dissociar a vida de mãe, da de cantora. Tem tudo normal. A escola, o chorinho, os momentos de ‘quero ficar com minha mãe’.

Da gravidez das gêmeas, Helena e Marina, até o carinho que recebeu dos fãs após sair da licença maternidade, foi para a carreira de Ivete um momento fértil. Várias composições foram feitas nesse período e algumas outras ainda serão divulgadas com o lançamento do DVD.

— Nunca foi meu forte compor, mas ultimamente fiz “Um sinal”, “Cheguei pra te amar” e outras tantas composições inéditas. O amor dentro da gente vai transpirando. A gente vai colocando de alguma forma para fora.

....

COMPARTILHAR