Jovem brasileiro morre em pleno voo após morder passageiro

1687Um brasileiro morreu a bordo de um voo com 168 passageiros depois de ter mordido duas pessoas e ficado doente após ser contido.

A aeronave da Aer Lingus fazia o voo “EI 485,” de Lisboa, em Portugal, para Dublin, na Irlanda, quando foi forçada a desviar o curso e fazer um pouso de emergência em Cork, já no país de destino.

Isso porque o brasileiro de 24 anos de idade, começou a morder outro passageiro.

Ele teve que ser contido pela tripulação após ter se tornado extremamente violento, e ficou doente e inconsciente, vindo a óbito dentro do avião.

2336“Foi horrível e muito violenta [a morte do jovem]. O barulho que ele fazia era algo que eu nunca ouvi antes, e não desejo ouvir nunca mais. A melhor forma de descrever era que ele fazia sons de angústia profunda”, disse John Leonard, passageiro do voo, em entrevista ao jornal Irish Times.

Um médico e duas enfermeiras que estavam a bordo tentaram salvar o brasileiro, que não resistiu. Por conta da confusão, o piloto do avião efetuou uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Cork, cidade no sul da Irlanda. O voo aterrissou por volta das 17h (horário local).

Os outros 167 passageiros permaneceram por duas horas no avião, sendo interrogados pela polícia. Em seguida, eles viajaram para Dublin de ônibus, exceto o passageiro ferido pela mordida, e uma mulher portuguesa de 40 anos que foi presa durante a viagem, ela estava viajando ao lado do brasileiro e foi presa com 2 kg de um pó semelhante à anfetamina.