Jovem é brutalmente assassinada pelo ex após imagens seminuas vazarem na web

passagem_2_jovem18_03O ex-namorado de uma jovem de 18 anos, encontrada morta às margens de uma rodovia em Vila Velha, no Espírito Santo, confessou ter cometido nesta terça-feira (18). A vítima, Bárbara Richardelle, que trabalhava como vendedora na cidade, não voltou para casa depois do trabalho, nesta segunda (17). O ex dela, Christian Cunha, falou com os pais da jovem no telefone durante a noite do crime, e alegou não saber do paradeiro da jovem.

Ele se apresentou hoje na Delegacia de Homicídios e Proteção a Mulheres (DHPM), em Vila Velha, quando confessou ter cometido o crime. Durante o depoimento, Christian disse que ele Bárbaram namoraram por 1 ano e 3 meses, mas que terminaram logo antes do Carnaval por conta do vazamento de fotos seminuas da jovem na internet. Alegando que só tinha enviado as fotos para o namorado, mas que elas foram parar nas mãos de desconhecidos, a vítima terminou o relacionamento com o rapaz.

Após o incidente, os dois passaram a discutir frequentemente, mesmo estando separados. O corpo de Bárbara foi encontrado às margens da rodovia Darly Santos, cerca de cinco horas depois da jovem ser assassinada. De acordo com o G1 Espírito Santo, ela apresentava sinais de estrangulamento, além de estar com o olho roxo e com uma lesão na cabeça.

Christian se comunicou com os pais de Bárbara durante toda a noite e madrugada em que a jovem permaneceu desaparecida, demonstrando preocupação com o fato e dizendo não saber onde a vendedora teria ido após o trabalho. O crime aconteceu na noite da segunda (17), depois que o acusado pediu para que Bárbara o visitasse em uma obra na Praia da Costa, em Vila Velha, por volta das 17h. A construção fica sob a responsabilidade da empresa do pai dele.

A vítima esteve no local, e os dois brigaram novamente. A jovem foi embora em seguida, mas retornou ao local por volta das 19h, quando discutiu novamente com Christian. Durante a briga, Bárbara disse que não queria continuar a conversa e que seu “atual namorado iria buscá-la”.

Enfurecido, o ex surpreendeu a vítima, que estava de costas, e a esganou. Quando a jovem desmaiou, Christian pensou que ela tinha morrido e arrastou o corpo dela para dentro da obra, ficando ao lado dele até às 22h.

Em depoimento, ele disse que saiu da construção durante um momento para comprar churrasquinho e guaraná, consumindo os alimentos ao lado do corpo da ex.

Ao perceber que Bárbara estava se mexendo, Christian pegou uma cavadeira da obra e desferiu golpes que atingiram a cabeça da vítima.

“Ele ficou comendo e bebendo ao lado do corpo. Quando a mãe ligou a procura da filha, Cristian disse que não tinha notícias”, disse o delegado para o G1 Espírito Santo.

Por volta das 2h desta terça (18), ele colocou o corpo de Bárbara em uma caixa de papelão no porta-malas do carro, e o levou para a rodovia, onde o abandonou. Durante uma simulação do crime, na noite de hoje, o ex-namorado esteve presente e não demonstrou nenhum traço de emoção.

Preocupada com o desaparecimento da jovem, familiares procuraram a polícia. O corpo de Bárbara foi encontrado por volta das 6h. Parentes da vendedora dizem não conhecer um suposto novo namorado da vítima, que Christian alegou existir.

As informações são do Correio 24h