Jovem que estuprou virgem de 87 anos é indiciado, idosa desabafa “judiaram de mim”

5ulo9ix6p3_27o3bauw6e_fileA Polícia Civil indiciou o homem que estuprou uma mulher de 87 anos em Aparecida do Mundo Novo, distrito de Montes Claros, no norte de Minas. Luciano Cardoso dos Reis, 18 anos, voltou a prestar depoimento nesta semana e, conforme a delegada Karine Maia Costa de Faria, manteve a confissão do crime.Ele cometeu o abuso porque queria manter relações com uma virgem.

Luciano Cardoso, que está preso preventivamente em Montes Claros, vai responder por estupro de vulnerável, crime que prevê reclusão de oito a quinze anos.

O abuso aconteceu no dia 10 de outubro, quando o suspeito invadiu a casa da vítima sob efeito de álcool, apagou as luzes para dificultar a identifcação e a atacou. Por causa disso, só foi descoberto pela polícia 40 dias depois.

A cuidadora da idosa descobriu o crime no dia seguinte quando chegou para trabalhar, conforme a delegada:

— Ela chegou pela manhã e a senhora estava sentada na cama. Então ela falou para a cuidadora: “judiaram de mim”. Primeiro, a profissional achou que ela estava delirando e foi preparar o café, mas depois viu que ela [a vítima] estava suja de sangue. (Com informações do R7)