Juazeiro: Reunião discutiu melhorias na segurança e trânsito do mercado do produtor

Representantes da Policia Federal, Policia Militar, Guarda Municipal e Companhia de Segurança Trânsito e Transporte se reuniram nesta quarta-feira (12), com a direção da Autarquia Municipal de Abastecimento/AMA para discutir melhorias no trânsito e segurança pública do Mercado do Produtor de Juazeiro.

Segurança MProdutor 1 1

Foram debatidos assuntos como ordenamento no acesso de carretas e caminhões, melhorias no fluxo dos veículos na entrada e saída do Ceasa, sinalização dentro e no entorno, medidas de segurança entre outros. Para o diretor executivo da AMA, Mitonho Vargas o trabalho conjunto auxilia no desenvolvimento de projetos para resolver os problemas de segurança e no trânsito do Ceasa. Além disso, estão sendo estudadas estratégias de melhorias para o entreposto no sentido da segurança e no fluxo e ordenamento do trânsito.

“Já tomamos algumas medidas de segurança no mercado como fechamento dos pequenos portões, aos sábados fechamos a portaria às 17h. Esse momento com os órgãos estadual, federal e municipal foi muito importante na construção de ideias para que juntos possamos melhorar essas questões do mercado do Produtor de Juazeiro. Todos os órgãos deram boas sugestões de melhorias”, acrescentou Mitonho.

Para o capitão da 75ª Companhia Independente da PM-BA, Carlos Firmino, este primeiro contato com a direção da AMA foi importante para buscar o entendimento de alguns problemas que ocorrem no Ceasa e juntos tentarem solucioná-los. “A reunião foi produtiva para conhecermos ainda mais de perto a realidade das questões de segurança do mercado e cada órgão ter abordado a sua visão de como resolver esses problemas. A PM de Juazeiro está à disposição do Mercado para qualquer demanda. Nosso papel é garantir a segurança do cidadão e trabalhador”, destacou.

Participaram do encontro o representante da PRF, Araujo Feitosa, Marcos Cardoso, diretor operacional da CSTT, O diretor presidente da CSTT, Damião Medrado, além da equipe da direção da AMA.

Ascom/Juazeiro