Julgado por homicídio; traficante Beira-Mar chegou de helicóptero e mandou beijos no tribunal

    33O traficante, Luiz Fernando Costa, o Fernandinho Beira-Mar, começou a ser julgado às 14h, desta terça-feira (12), no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

    Beira Mar é processado por homicídio qualificado. Ele é acusado de arquitetar o assassinato de Antônio Alexandre Vieira Nunes, Edinei Thomaz Santos e Adaílton Cardoso de Lima de dentro do presídio Bangu 1, onde cumpria pena em 2002.

    Ao chegar de  helicóptero ao tribunal o criminoso sorriu, acenou e mandou beijos. De acordo com o áudio das gravações da Polícia Federal, Beira Mar ordena a morte das vítimas pelo telefone de dentro da cadeia. Logo após, sons de tiros são ouvidos. Não há previsão para o fim do julgamento. As testemunhas serão ouvidas e depois haverá um debate entre acusação e defesa.

    Apenas depois disso, os sete integrantes do júri irão se reunir e o juiz dará a sentença. O réu cumpre pena na Penitenciária Federal de Catanduvas (PR), para onde foi transferido em setembro do ano passado. Com informações do G1.