Ladrão é morto a tiros após invadir casa de guarda municipal na Bahia

hqdefaultUm homem ainda não identificado morreu e o adolescente L. S. do N., 13 anos, foi apreendido na quinta-feira (25), por volta das 10h, após invadir duas casas no Setor J, em Mussurunga II, para assaltar. Ao entrar na segunda casa, onde mora um guarda municipal, o assaltante teria sido alvejado e fugiu.

 A Guarda Municipal nega que tenha sido o guarda quem atirou, embora ele tenha porte e possua arma em casa. Já o adolescente foi apreendido por populares e levado pela Polícia Militar à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).
O assaltante foi encontrado baleado em um matagal que fica nos fundos do Rei da Pamonha, na Paralela. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas já encontrou o homem sem vida. O menor estava armado com um facão.
Já o outro assaltante, que a polícia acredita ter mais de 18 anos, portava uma faca e uma arma de brinquedo. Em depoimento na DAI, o menor disse que mora na Estrada Velha do Aeroporto, mas que a família não o aceita mais em casa por ele cometer assaltos desde os 7 anos.
Segundo a assessoria de imprensa da Guarda Municipal, o servidor dormia, após uma noite de serviço, e acordou com os gritos da mãe, esposa e filha na sala de casa. A mãe dele teria reagido e conseguido tirar a faca de um dos bandidos, permitindo que a esposa e a filha do guarda corressem para o quarto onde ele estava. O irmão do guarda, que mora na casa de cima, encontrou a mãe sendo réfem.
A assessoria informa que, após saquearem a casa, os bandidos fugiram e só então o guarda teria ouvido o disparo. Na primeira casa, uma família foi mantida refém e teve dinheiro e pertences roubados. (As informações são do Correio 24 Horas)