“Lembra dele?” Após sumir do interior Quebra-queixo faz sucesso em Salvador

quebraqueixoQuem não lembra do bom e delicioso quebra-queixo? Após fazer parte do cardápio de milhões de baianos do interior e ter desaparecido, tornando-se uma preciosidade na região, o lendário doce agora faz parte do cardápio dos intelectuais da UFBA. Sim, quebra-queixo – e porque não? É dos bons, feito com açúcar mascavo, leite condensado e baunilha. E, convenhamos, é raro encontrar comida de rua confiável em Salvador. Seu José Carlos, 47 anos, o vendedor dessa iguaria brasileira, parece um médico: atende seus clientes de jaleco e boné.

Está no ponto da Reitoria da Ufba há 23 anos, ou seja muito tempo no ramo. Paga salário a dois ajudantes para conseguir dar conta de fazer os 1.200 pedacinhos (ou 30 quilos) que vende diariamente, atender a pedido de festas e de turistas, além de fornecer para 30 revendedores espalhados pela cidade. Cada pedaço a R$ 0,50; faça as contas. Eu fiz: casa, carro e faculdade garantida para as duas filhas.

O doce tem pedaços grandes de coco e o ponto é elástico como deve ser. Tem nos sabores coco, goiaba, amendoim e abacaxi.

Serviço:
Ponto principal: na Rua Augusto Viana, perto da Reitoria da Ufba em frente a Clínica Bahia Imagem.

Por: Portaldenoticias.net (Com informações de Linda Bezerra do Correio 24 Horas)