Luciano Simões acusa governo Dilma de tentativa de suborno

    Luciano-SimoesO líder do PMDB/DEM na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, condenou a postura da presidente Dilma Rousseff diante das recentes manifestações ocorridas em todo o país, e acusou o PT de tentar subornar a inteligência do povo brasileiro com medidas inexeqüíveis. O parlamentar também criticou a proposta de convocação de um plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política no Brasil. “A presidente da República frustou a expectativa de todos os brasileiros, tanto frustou que tornou sem efeito o infeliz plebiscito após os clamores da OAB, dos juristas mais experientes e da imprensa do país”, disse Simões.

    O parlamentar ainda afirmou que as reivindicações dos manifestantes estão diretamente relacionadas ao governo do PT e à corrupção existente. “Mas o PT vêm exclamar a todo momento que não sabe o que está acontecendo, imagina se eles soubessem? O governo tenta tergiversar mais uma vez e cai no erro de querer enganar o povo brasileiro. As placas do movimento estão lá: recursos para a educação, falta de segurança pública e de atendimento à saúde. Tudo isso governado pelo PT, de responsabilidade da presidente Dilma”, ressaltou Luciano Simões.

    A rejeição ao Governo Federal também foi enfatizada pelo deputado. Ele revelou que, de acordo com pesquisas ainda não divulgadas, a admiração da população à presidente Dilma Rousseff apresentou uma queda de 20 pontos percentuais em relação a última pesquisa da série. “Este é o verdadeiro quadro e não vai se resolver diante das medidas anunciadas. Estamos prestes a uma guerra civil”, observou Simões.

    Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Luciano Simões (PMDB)