Luciano Simões: Enquanto Alckmim vende helicóptero, Wagner continua gastando R$ 525 mil por dia em propaganda enganosa

    lucianoSimoes-PlenarioAo contrário do governador da Bahia, que até hoje não se manifestou com relação aos protestos contra a corrupção, os gastos excessivos com a Copa e a falta de investimento em serviços sociais, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou corte de mais de R$ 350 milhões em gastos, que inclui a venda do helicóptero usado pelo Palácio dos Bandeirantes e a redução de 1.044 veículos da frota utilizada pelos órgãos estaduais.

    “Enquanto o governador de São Paulo anuncia um pacote de medidas para reduzir o custeio da máquina pública, o da Bahia, Sr. Jaques Wagner, até agora não deu resposta às manifestações legítimas que vem das ruas. A Bahia continua gastando mais de R$ 525 mil reais por dia em propaganda enganosa; tendo um número exorbitante de secretarias – hoje já são 31; extrapolando os cargos comissionados, de REDAs e PST; e o governador continua viajando todos os dias, do Palácio de Ondina à Governadoria, de helicóptero. Tome vergonha governador e faça alguma coisa pelo povo da Bahia!”, retrucou Simões.

    Dentre as medidas anunciadas pelo governador de São Paulo como forma de compensar a revogação do aumento das tarifas estão a extinção de 2.036 cargos em comissão e o fim da Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano. O governador disse também que haverá corte de 10% nos gastos nas diárias de viagens e das passagens aéreas, e que o programa de economia de água, já existente em alguns órgãos públicos, será ampliado. Ainda de acordo com o governador, a redução dos gastos com energia elétrica será de 10% e com as telefonias fixa e móvel será em torno de 20%. O mesmo porcentual será cortado com gastos em combustíveis.

    Fonte: ASCOM deputado Luciano Simões (PMDB)