Luciano Simões exige explicações do governo sobre caso dos agentes de limpeza flagrados realizando necropsias

Luciano-SimoesO líder do bloco parlamentar PMDB/DEM na Assembleia, deputado Luciano Simões, definiu como “um crime às relações trabalhistas e aos direitos humanos” o caso denunciado pelo jornal A Tarde, que flagrou funcionários de limpeza realizando necropsias no Departamento de Polícia Técnica (DPT) do município de Santo Antonio de Jesus. “O governador, a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Segurança Pública, responsável pelo DPT, têm de vir a público esclarecer este crime”, disse o parlamentar.

De acordo com a reportagem, o governo contratou uma empresa terceirizada para fazer a limpeza do necrotério da cidade, mas os funcionários, que são vinculados ao SindLimp, foram flagrados abrindo cadáveres. O diretor do DPT de Santo Antonio de Jesus, Ricardo Neri, disse à reportagem que é normal os funcionários de limpeza fazerem necropsias não só lá como na maioria das coordenações da Bahia, incluindo Salvador.

O deputado cobrou ações também das comissões de Saúde e de Direitos Humanos da Casa. “Isso não é uma questão política, é um desrespeito ao ser humano”, concluiu.

 

Fonte: ASCOM deputado Luciano Simões (PMDB)

....

COMPARTILHAR