Lula diz que não vai se entregar e convoca militantes

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu que não vai a Curitiba para se entregar à Polícia Federal. A informação foi confirmada pelo próprio petista ao jornal Folha de S.Paulo por volta das 8h30 desta sexta-feira (6).

Lula passou a noite no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo dos Campos, em São Paulo, com os filhos, amigos e dirigentes do PT que convocaram militantes para prestar solidariedade ao ex-presidente que pretende continuar por lá durante o dia. O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, decretou que o Lula se apresente à PF em Curitiba até às 17h desta sexta.

Foto reprodução

A decisão do juiz foi tomada após receber ofício da autorização da prisão de Lula, do Tribunal Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

....

COMPARTILHAR