Médico cubano do programa “Mais Médicos” é encontrado morto em hotel

ForcaUm médico cubano contratado dentro do programa “Mais Médicos” foi achado morto segunda-feira (31), em um hotel de Brasília, aparentemente após cometer suicídio, segundo informaram as autoridades. O Ministério da Saúde, responsável pela contratação dos médicos do programa, não revelou até agora a identidade do profissional de 52 anos, que estava hospedado no Hotel Nacional e foi achado enforcado com um lençol.

Segundo o Ministério, o cubano ainda não atendia pacientes por estar dentro de um dos períodos do curso de adaptação prévio para os profissionais estrangeiros que fazem parte do programa. A 5ª Delegacia da Polícia Civil no Distrito Federal de Brasília indicou que investiga os fatos e a principal hipótese das autoridades é de que o médico cubano cometeu suicídio e que membros da Embaixada cubana em Brasília acompanham as investigações.

O transporte do corpo para Cuba será realizado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPS), organismo através do qual o Brasil contrata os profissionais do país caribenho.

Informações da Agência EFE

....

COMPARTILHAR