Membros de quadrilha que tentou explodir banco em Monte Santo são presos pela polícia

77901-3Com a prisão dos acusados de assaltos Danilo Souza dos Santos, o “Bahia”, de 28 anos, e Elton Vanderlei Fiúza Santos, o “Zóio”, 31, o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (DRACO) identificou 26 integrantes de uma quadrilha, suspeitos de arrombar 14 terminais de autoatendimento (TAA) em Salvador, Região Metropolitana e interior. A dupla, que atuava no preparo do explosivo para detoná-lo sem destruir o dinheiro, prestava serviço ao bando.

Foragidos da cidade de Monte Santo, a 352 quilômetros de Salvador, onde teriam tentado explodir um Terminal de Auto Atendimento do Banco do Brasil, Danilo e Elton foram presos na localidade de Manguinhos, na Ilha de Itaparica, no dia 27 de março. Com eles, os investigadores apreenderam três artefatos explosivos prontos para uso, quatro coletes antibalísticos, munições de calibres 38 e 44 e uma máscara do Coringa.

De acordo com o delegado Jorge Figueiredo, diretor do DRACO, cada integrante da quadrilha, que terceiriza os serviços, exerce uma função. Dos 26 acusados, sete são naturais de São Paulo e se responsabilizam pela aquisição e manuseio de armas longas. O restante se divide em grupos que cuidam da locação ou roubo e condução dos veículos, do levantamento dos alvos e rotas de fuga, entre outras ações.

Adelmo de Souza Reis e os irmãos Melquiades e Deivid Quinto de Jesus, “Binho” e “Gordo” respectivamente, suspeitos de integrar o bando, já estão presos. Adelmo e Melquiades foram capturados na cidade de Monte Santo, no dia 26 de março, quando planejavam assaltar quatro agências bancárias da região. Já Deivid foi flagrado em São Félix, em fevereiro, tentando explodir um TAA.

Segundo o delegado Figueiredo, as ordens para executar os arrombamentos vêm do Presídio de Salvador e são levadas ao grupo por intermédio de Deivid. Parte dos integrantes da quadrilha está com a prisão decretada pela Justiça.

OCORRÊNCIAS

Responsável por 14 ocorrências policiais de roubo a instituições financeiras, no período de 5 de abril de 2014 a 10 de março deste ano, a quadrilha já agiu nas cidades de Santa Terezinha, Governador Mangabeira, Tancredo Neves, Crisópolis, Acajutiba, Sátiro Dias, Itatim e São Gonçalo.

No Litoral Norte, nas localidades de Imbassaí e Porto de Sauípe, os assaltantes arrombaram um caixa eletrônico do Banco Itaú e um terminal 24 Horas, respectivamente. Os TAAs de Humildes, em Feira, Lauro de Freitas e dos bairros de Caminho de Areia e Stella Maris, em Salvador, também foram atacados pela quadrilha. Os terminais do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal e um caixa eletrônico 24 Horas foram os alvos do bando.

Autuados por formação de quadrilha, porte ilegal de artefatos explosivos e munições, Danilo e Elton, que já foram presos em 2013 por roubo a banco, no município de Materlândia, em Minas Gerais, retornarão ao sistema prisional.

A dupla foi apresentada à imprensa, na tarde desta quinta-feira (23), no auditório do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), durante coletiva conduzida pelos delegados Jorge Figueiredo, diretor do DRACO, e Rusdenil Franco, diretor adjunto do Departamento de Polícia do Interior (Depin).