Menina de 16 anos morre atropelada por trio elétrico durante Carnaval

RTEmagicC_Giedry.jpgUma adolescente de 16 anos morreu depois de ser atropelada por um trio elétrico no carnaval de Jaguarão, na Região Sul do Rio Grande do Sul. O acidente aconteceu por volta das 3h do último domingo (15). De acordo com a Brigada Militar, a vítima foi atingida na cabeça pelas rodas do veículo. Ela chegou a ser levada para o HPS da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

A família da menina tenta entender como ocorreu o acidente. Para o pai da jovem, Ronaldo Cuenca, foi uma fatalidade. Ele acredita, porém, que a morte da filha poderia ter sido evitada se a festa tivesse mais segurança.

A filha, Giendri Silva Cuenca, foi atingida na cabeça pelas rodas do veículo. Ela chegou a ser encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro do município, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo foi sepultado no final da tarde de domingo (15), no Cemitério Municipal de Jaguarão.

“Pelo que sei, ela esbarrou e caiu. A pedra estava molhada, você escorrega. Fica molhado de bebida até. Para mim foi um acidente, mas se tivesse um pouco mais de segurança poderia não acontecer. É tudo liberado. Não fui ao carnaval, mas ali não tinha grade, proteção, nada. É um tumulto, um empurra-empurra”, lamentou.

Conforme Ronaldo, essa era a primeira vez que a filha comparecia ao carnaval de Jaguarão. No ano passado, quando ainda moravam juntos, ela havia pedido permissão para ir à festa, mas o pai deu resposta negativa.

“Ela tinha 15 anos, era muito nova. Faz uns quatro meses que estava morando com a mãe dela. Então a mãe deixou ela ir. Nesse ano, eu teria permitido também”, completou.

Ainda no domingo (15), a Polícia Civil apreendeu o caminhão do trio elétrico e o encaminhou à perícia. A ideia é verificar se algum fator contribuiu para a queda da adolescente. Um exame toxicológico no corpo da vítima também foi solicitado.
O carnaval da cidade havia sido suspenso em função do acidente, mas a programação acabou mantida após uma reunião entre representantes da prefeitura, trios elétricos, entidades carnavalescas e Brigada Militar. O carnaval da cidade, o maior da Região Sul do estado, encerra na madrugada de quarta-feira (18).