Menino de seis anos é violentado dentro do banheiro de escola no interior da Bahia

5xz6o7p18z_65uop5icy0_fileNa saída da escola, uma criança de seis anos confessou para o pai que havia sido abusada sexualmente por um menino de 14 no banheiro da instituição. O caso aconteceu na escola municipal Heitor Dias,  no município de Ilhéus, localizado no sul da Bahia.

“Quando meu filho me contou, pensei que o abuso que ele estava se referindo era abuso de brincadeira de criança. Mas ele continuou afirmando, e acusou o outro menino de ter abaixado o short dele e se esfregado em suas partes íntimas”, disse o pai da criança em entrevista ao site “R7″.

Ainda segundo o pai, imediatamente, ele foi em direção ao agressor para tentar espancar o suspeito, mas foi impedido por algumas pessoas que estavam no local, inclusive a mãe do adolescente, que questionou o motivo da violência. Foi quando o pai do menino informou a situação.

Abalados, tanto o pai da vítima quanto a mãe do suposto agressor, entraram na escola. Lá, o adolescente foi questionado sobre o caso e, segundo o pai da vítima, o menor teria dito que pegou a criança, levou para o banheiro, colocou uma das pernas dele no vaso sanitário e teria tentado consumar o abuso. Conforme o pai, a criança se livrou da tentativa  de violência, porque teria conseguido se libertar do adolescente e corrido para a sala de aula. O menino é filho único e estuda na escola desde o maternal.

De acordo com a diretora da escola, os meninos foram encaminhados para o Crie (Centro de Referência de Inclusão Escolar), que possui especialistas, psicólogos na área, que tratam de crianças que passaram por algum tipo de trauma.