Menor que Renegade: Mini SUV da Jeep ganha versão a gasolina

O Jeep Renegade está para ganhar um irmão menor e temos novas fotos do carro. Desta vez, as imagens matam a charada sobre o interior do SUV compacto, adiantando que terá um novo estilo, com tela flutuante para a central multimídia. E ainda mostra uma novidade: não será só elétrico, ganhando uma variante a combustão, algo evidenciado pela alavanca de transmissão manual do protótipo.

Jeep eletrico 2024 1
Foto reprodução

Quando foi revelado em uma projeção oficial, este novo modelo de entrada da Jeep era apontado como somente elétrico. No entanto, esta unidade de testes tem saídas de escapamento, o que já indica que a Jeep planeja oferecer versões a combustão para outros mercados além da Europa. Ainda está bem camuflado, mas sabemos que será menor do que o Renegade, medindo algo entre 4,10 e 4,15 metros.

Esta é a primeira vez que podemos ver o seu interior. Apesar de usar muitos panos para esconder a maior parte da cabine, não consegue disfarçar tudo. Tem uma alavanca para a transmissão manual e a central multimídia usa uma tela no estilo tablet logo acima das saídas de ar. Ainda terá diversos botões, todos posicionados mais abaixo na mesma linha. Ainda podemos notar o freio de estacionamento eletrônico e duas portas USB. O volante também parece diferente, com centro redondo, o que é algo curioso, visto que a empresa mudou a peça recentemente.

1fd715ed 2aca 43f8 b236
Foto reprodução

O irmão menor do Renegade será feito com a plataforma e-CMP desenvolvida pela Peugeot e Citroën, usada em modelos como 208, C3 e Opel Corsa. A versão a combustão deve usar o motor 1.2 turbo e um 1.5 diesel para a Europa. A transmissão pode ser uma manual de 6 marchas para as versões de entrada e automática de 8 posições para os modelos mais caros.

Mini Jeep 02 1280x720 1
Foto reprodução

No caso da versão elétrica, ela compartilhará toda a mecância com o Peugeot e-2008 e Opel e-Mokka, o que significa que terá 136 cv, movendo as rodas dianteiras. As baterias de 50 kWh entregam uma autonomia de 310 km, segundo o ciclo de testes europeu WLTP. Como a Jeep sempre promete uma versão com tração 4×4 e que seja capaz de fazer a trilha de Moab, recebendo o emblema “Trail Rated”, este SUV pequeno deve receber uma versão com dois motores elétricos.

Quando revelou o pequeno utilitário com uma projeção oficial, a Stellantis disse que o automóvel seria lançado no 1º semestre de 2023. O fato de ter uma opção com motor a combustão e ser feito com a plataforma CMP faz com que fique interessante para o Brasil. Fontes ligadas à marca disseram a Motor1.com que ainda precisavam saber mais sobre o projeto antes de tomar uma decisão sobre oferecer o novo SUV no país.

Fonte: Motor1