Mesmo preso, Lula segue imbatível nas pesquisas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está preso na Polícia Federal de Curitiba há dois meses. Mesmo assim, segue na liderança da corrida presidencial deste ano, com 30% das intenções de voto, como mostra a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo (10/6).

Sem o petista na corrida presidencial, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) continua à frente dos concorrentes, com 19%, seguido de Marina Silva (Rede), que oscila entre 14% e 15%, Ciro Gomes (PDT), variando de 10 a 11%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 7% e Alvaro Dias (Podemos) com 4%.

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Apesar da liderança, Lula vem registrando queda na preferência do eleitorado. Em janeiro, o Datafolha indicava que o ex-presidente tinha 37% e no levantamento divulgado no dia 15 de abril, 31% no cenário mais favorável entre nove pesquisados.
Na atual mostra, nos panoramas em que o petista fica fora do páreo, mais de 1/3 do eleitorado ainda diz estar sem opção de voto. E os dois candidatos mais cotados para a sua vaga, o ex-prefeito Fernando Haddad (SP) e o ex-governador Jaques Wagner (BA), aparecem com apenas 1% na pesquisa.

Votos nulos, brancos e “não sabem”, com Fernando Haddad ou Jaques Wagner no lugar de Lula nessa disputa, chegam a 33%. Sem o PT no páreo, esses votos vão a 34%. E com Lula na disputa, os que dizem não ter candidato ficam em torno dos 21%.

Nessa pesquisa, Manuela D’Ávila (PCdoB) e Rodrigo Maia (DEM) oscilam entre 1% e 2%; Aldo Rebelo (SDD), Fernando Collor de Mello (PTC), Flávio Rocha (PRB), Guilherme Afif (PSD), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL), Josué Alencar (PR) e Levy Fidelix (PRTB), variam de 0% a 1%. Paulo Rabello de Castro (PSC) não alcança 1% em nenhum cenário.

Candidato do presidente Michel Temer, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) aparece nessa mostra com apenas 1% das intenções de voto.

Rejeição
No quesito rejeição, o campeão é o ex-presidente Fernando Collor (PTC), com 39%. Seguido de Lula (PT), 36%; Bolsonaro (PSL), 32%; Alckmin (PSDB), 27%; Marina Silva (Rede), 24%; e Ciro Gomes (PDT), 23%.

A mais recente pesquisa Datafolha, realizada entre os dias 6 (quarta) e 7 (quinta) deste mês, teve como base 2.824 entrevistas em 174 municípios de todos os estados do País e no Distrito Federal. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança, 95%. O levantamento está registrado no TSE sob o número BR-05110/2018.

....

COMPARTILHAR