Monte Santo se torna referência regional com Casa de Parto Normal

    casa-parto_01Monte Santo se torna referência regional em Parto Normal, com uma Saúde humanizada para a gestante, puérpera e bebê.

    O município de Monte Santo se torna a primeira e única cidade da região em referência a assistência ao parto normal, após adesão ao Programa Rede Cegonha.

    A população foi contemplada com a construção de uma Casa de Parto Normal, em parceria com o Ministério da Saúde, para atender a rede de atenção à saúde da mulher, que se dará desde o pré-natal, parto, pós-parto e acompanhamento da criança até os dois primeiros anos de vida.

    Esta Casa de Parto será referência para cidades como Araci, Tucano, Quijingue, Euclides da Cunha, Andorinha, Cansanção, Nordestina, Santa Luz, Uauá, dentre outras.

    A nova unidade de saúde permitirá que a grávida realize uma visita para conhecer a estrutura física e profissionais antes mesmo do parto, fortalecendo o vínculo com a equipe e proporcionando maior segurança, e isso certamente passará mais tranquilidade para a gestante.

    Como forma de humanizar o parto será permitida a presença de acompanhante de escolha da própria gestante, durante todo o trabalho de parto.

    A Casa de Parto contará com uma estrutura moderna e confortável, com acompanhamento especializado por profissionais obstetras 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

    Entre outras ações, a Secretaria Municipal de Saúde de Monte Santo irá oferecer aos seus munícipes assistência pré-natal ampla com garantia das consultas, realização de exames sorológicos com rapidez nos resultados (no máximo em 15 dias), continuidade da assistência do pré-natal ao parto e puerpério, assistência ao parto de forma segura e humanizada, realização do teste rápido para detecção de sífilis congênita, garantia da consulta puerperal para identificação de complicações tardias e para oferta de contracepção no planejamento familiar, realização do exame do pezinho e teste da orelhinha ao recém-nascido; além de garantia do acompanhamento do crescimento e desenvolvimento para as crianças e da assistência eficaz às urgências e emergência materno-infantil conforme pactuação no Plano Regional de Urgência, interligado com toda rede de saúde, incluindo o SAMU e UPA.

    Essas ações visam a redução da mortalidade materna e infantil, através de um pré-natal de qualidade, parto com segurança e acompanhamento de qualidade.

    Ascom Prefeitura Municipal de Monte Santo (Foto Ilustrativa)