Montesantense é acusado de matar três pessoas da mesma família por causa de R$ 700

tragediaUm trabalhador rural de 34 anos, natural da cidade de Monte Santo, foi preso pela Polícia Civil suspeito de envolvimento no triplo assassinato que aconteceu neste final de semana em uma propriedade rural, em Uberlândia-MG.

As vítimas José Rodrigo dos Santos, de 20 anos, a irmã dele, Gilmara Josefa dos Santos, de 29 e o marido dela, Jilmar Vieira dos Santos, de 33 foram mortos a tiros e tiveram as mãos amarradas.

Jaildo Pinto de Souza, conhecido como Baianinho, e o seu sobrinho Ananias Dantas Pinto, 34 anos seriam os principais suspeitos do crime, segundo a Polícia Civil.

A motivação do assassinato seria uma dívida de pouco mais de R$700 do suspeito com a vítima Jilmar.

A cobrança de acordo com o delegado Matheus Ponsancini, teria levado o autor a discutir com Jilmar e matar os três de uma vez só.

Jaildo foi preso e encaminhado ao Presídio, mas ele nega participação no crime.

O sobrinho Ananias já possui mandado de prisão em aberto por homicídio em São Paulo e continua foragido. (Com informações do Uipi)