Morre aos 113 anos Antônio Mulato, o quilombola mais velho do Brasil

Morreu nesse sábado (15) Antônio Benedito da Conceição, o quilombola mais velho do país.

Antônio Mulato, como era conhecido, tinha 113 anos de idade e era líder e símbolo da Comunidade Quilombola Mata Cavalo, localizada no município de Nossa Senhora do Livramento, em Mato Grosso.

affaa0d0e45dca042b67ae565ad2d863
Foto reprodução

Por meio de nota, procuradores da República em Mato Grosso lamentaram a morte da liderança, conhecida também por engajar-se nas lutas por igualdade racial.

Em 1940 ele foi responsável pela primeira escola pública do Brasil em uma comunidade quilombola.

Mulato sofria de mal de Parkinson e Alzheimer e estava internado há 10 dias no Pronto-Socorro de Várzea Grande. De sua descendência, além dos 13 filhos, deixou 38 netos, 44 bisnetos, 29 tataranetos e quatro trinetos.

cd302822e6ca3439ca5ee4ba21e933c4
Foto reprodução
34982952 2269942543015731 5136155989749268480 n
Foto reprodução