Mulher está em estado vegetativo após abordagem policial na Bahia

5xbzsikspf_6wjudv0wkd_fileNa segunda-feira (1°), os familiares de uma mulher compareceram a delegacia de Guaratinga, no sul da Bahia, acusando três policiais militares de terem agredido a vítima durante uma abordagem no município. O caso ocorreu  quando a mulher estava ouvindo som alto em companhia de outra pessoa.

De acordo com informações da 7ª (Companhia Independente de Polícia Militar), os vizinhos da mulher acionaram a viatura da Polícia Militar, devido ao som alto na casa da vítima. Ao chegar ao local, os policiais solicitaram que a mulher abaixasse o som e advertiram a vítima sobre a perturbação do sossego alheio, devido ao som em volume alto após às 23h.

Ainda de acordo com a PM, a mulher não respeitou o alerta, e retornou a aumentar o volume do som. Os vizinhos acionaram a polícia novamente. Após a advertência, os policiais  pediram para a mulher entrar na viatura, mas a vítima se recusou.

— Não podemos confirmar se durante a abordagem eles foram agressivos com ela ou não, já que ela se recusou a entrar na viatura. Só depois de apurar o caso vamos saber o que aconteceu.

Segundo informações da imprensa local, ao se recusar a entrar na viatura, a vítima foi atingida por socos e pontapés. Familiares da vítima disseram que depois da agressão a mulher ficou em estado vegetativo.

Em nota, a assessoria da Polícia Militar informou que foi instaurado um inquérito pelo comando da 7ª CIPM de Eunápolis para apurar as circunstâncias do fato que motivou a denúncia da suposta agressão.     (Com informações do R7/BA)