Mulher não resiste após fazer duas cirurgias plásticas; polícia abre inquérito para investigar

Daniele Bueno, de 33 anos, morreu desse domingo (13) após ter sido submetida a duas cirurgias plásticas, na sexta-feira (11), em Cuiabá. Segundo o portal G1, a amiga da paciente, Laíza Cardoso, informou que o corpo está no Instituto Médico Legal (IML), onde serão feitos exames que devem apontar as causas da morte.

Daniele, que era formada em gastronomia e estética, teve conhecimento do médico por meio de um grupo no Facebook, o qual a proposta é oferecer cirurgias plásticas com preços abaixo do mercado. A esteticista passou por cirurgias de lipoescultura e mamoplastia, pelo custo de R$ 6 mil.

Foto reprodução

Depois dos procedimentos, no pós operatório, segundo o portal G1, ela começou a reclamar de dores e formigamentos nas pernas, ficou sonolenta e teve parada cardíaca. O hospital onde foi realizada a cirurgia não possui UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e Daniele teve que ser transferida para outra unidade.

De acordo com a Polícia Civil, familiares informaram que após a cirurgia de mamoplastia e lipoaspiração verificaram sangramentos nas costas da paciente. Após pedirem socorro, foram realizados diversos procedimentos de emergência por enfermeiros como uso de desfibrilador, bomba manual de oxigênio e adrenalina, e que o médico apareceu após uma hora da ocorrência de urgência.

....

COMPARTILHAR