Músico de banda de rap é preso por cultivar maconha no quintal de casa

Cert_ConeCrewDiretoriaO músico André da Cruz Teixeira Leite, conhecido como Cert, da banda de rap “ConeCrew Diretoria”, foi preso neste domingo (22), no Rio de Janeiro, por plantar maconha em casa. De acordo com o site “Extra”, uma réplica de arma de fogo foi apreendida na casa do músico pelos policiais.

Cert irá responder por tráfico de drogas. De acordo com a Polícia Civil, o músico teria dito aos agentes, no momento que eles efetuavam a prisão, que eles “não sabiam com quem estavam se metendo”. Por esse motivo, ele também foi autuado por desacato. O jornal “O Dia” informou que Cert já tinha passagem pela polícia em 2003, quando foi apreendido por ato análogo ao crime de tráfico de drogas no interior de um shopping da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Na época ele era menor de idade.

maconha-CertEm sua página oficial no Facebook, a banda ConeCrew lamentou o ocorrido e ressaltou que nunca escondeu ser a favor da legalização da maconha.

Confira a nota na íntegra:

“Cone Crew Diretoria nunca escondeu seu posicionamento sobre a política de combate ao uso de drogas, sempre se colocando a favor da legalização do uso da maconha assim como outras pessoas importantes da nossa sociedade também já o fizeram, dentre elas o ex-presidente FHC. Nós repudiamos o tráfico de drogas, a ineficiente política de tratamento aos viciados e principalmente a prisão de usuários. Hoje fomos vítima dessa lei antiga, estúpida e ineficaz, igual a quase todas as demais existentes no Brasil, onde ladrões, corruptos, traficantes e foras-da-lei de todas as espécies estão agora na praia e um dos nossos detido acusado de cultivar maconha para uso pessoal. Cantor não é traficante e nem precisa disso pra viver, é um trabalhador como vários outros pais de família que levam a vida de forma honesta e são apenas usuários. Cadeia nele vai resolver os problemas na nação? Nós vamos lutar até o fim para tirar o Cert dessa situação.”