Neto elogia rival e detona diretoria do Timão por ignorar “ídolos eternos” na Arena

neto_provocou_o_atletico-mg_por_reclamacoes_uaPassei mais de 20 anos jogando bola. Ralei muito para sustentar minha família e hoje ter o reconhecimento das pessoas. Por isso sou um dos comunicadores do meio esportivo que mais valoriza os ídolos do passado. Adoro quando os ex-jogadores vão no ‘Os Donos da Bola’ da Band. Sobretudo aqueles amigos mais esquecidos. Achei sensacional a iniciativa da WTorre, que construiu o Allianz Parque, de ceder um espaço de camarote para alguns ídolos do Palmeiras. Nomes históricos como Dudu, Ademir da Guia, César Maluco, Leivinha, entre outros, terão assento fixo na denominada ‘Academia dos Imortais”. Baita acerto!

Já no Corinthians as coisas são totalmente diferentes. E nem falo de mim porque nunca precisei. Só me irrita saber que que essa direção construiu um estádio para quase 50 mil pessoas e não destina sequer 10 ou 20 assentos para ídolos eternos. Poxa vida! É muita sacanagem! Conselheiros e dirigentes tem cadeiras asseguradas, muitas vezes vitalícias, sem ter dado um chute sequer.

O que custava por respeito a história do clube fazer uma homenagem a ex-jogadores como Ronaldo, Biro-Biro, Wladimir, Basílio, Dinei, Zé Maria e Marcelinho Carioca? Os dirigentes corneteiros vão alegar que se liberar pra uma pessoa tem que fazer para todos (já conheço o discursinho dessas figuras!). Então faz uma eleição no site oficial. Mas faça! Uns 20 assentos em meio a 50 mil não deixará o Corinthians mais pobre. Aliás, se fossem mais inteligentes, usavam isso como proposta de marketing. Até porque, diga-se de passagem, ultimamente as camisas retrô tem vendido mais que as atuais.

E aí Roberto de Andrade!? Vamos valorizar os caras que ajudaram a construir esse Corinthians. Tenho certeza que vocês não vão se arrepender. Aprendam com o maior rival.(Craque Neto)