Nordestina: Manifestantes protestam contra mineradora

9f2ef2fc-d2ec-4264-b30e-19beb6af5978Quando foi confirmada oficialmente em 2013, a descoberta da maior mina de diamantes do Brasil no município de Nordestina, centenas de moradores se encheram de esperanças e alimentaram a fé de que finalmente o tão sonhado desenvolvimento iria chegar ao pequeno município do semi-árido baiano.

Na prática tem ocorrido o contrário, junto com a Lipari Mineração, empresa responsável pela exploração das reservas de diamantes do município, começaram a surgir os problemas ambientais, segundo moradores, a Lipari estaria usando em excesso a água do principal rio que abastece o município para molhar estradas por onde passam seus veículos com o intuito de reduzir a “poeira”.

Na manhã desta quarta-feira, centenas de manifestantes realizaram um grande protesto na frente da mineradora para exigir que a mesma pare imediatamente de usar a água do Rio Itapicuru de forma indevida e use seus recursos para ajudar na revitalização.

64880cf6-0f01-422b-9a02-5550a9b59f51

Diante da terrível seca que assola o sertão, o desperdício de água é intolerável, sabemos que a Lipari é uma grande companhia e poderá trazer muitos benefícios para Nordestina, porém atos como os que estão sendo denunciados pelos moradores são inaceitáveis.

04bd02ba-bccc-40e1-a3fe-e287089bb802 5af8a2b0-ef95-425d-b4cb-db588a784566 b27645e3-8f25-4bb5-8c11-2c467b15193d cb865ae1-392a-4ca5-a39b-9d2b4eba7730

12434357_945216048848239_1534850096_n