“O outro lado do paraíso” Operação para resgatar Tomaz termina em tragédia

Diante da impossibilidade de conseguir a quantia que Renato (Rafael Cardoso) pediu para libertar Tomaz (Vitor Figueiredo), Gael (Sergio Guizé) colocou em prática um ousado plano para salvar a vida do filho.

No entanto, as coisas não saem como o planejado. Ele consegue chegar ao esconderijo do médico, seguido por Patrick (Thiago Fragoso), Clara (Bianca Bin) e Bruno (Caio Paduan).

Gael segue o vilão sem acionar a luz do seu carro até se encontrarem na casa de Juvenal (Anderson Di Rizzi) após invadir a propriedade. “Resolveu bancar o valente, Gael?”, encara Renato ao notar que o irmão de Lívia está armado. “Eu quero meu filho de volta”, retruca. “Tenta pegar”, responde o sequestrador, atirando e baleando o pai de Tomaz na barriga.

A essa altura, Clara, Patrick, Bruno e policiais terão seguidos a dupla. “Ponha a arma no chão, Renato. Tá preso”, ordena o marido de Raquel. E aí que notam Gael ensanguentado e saem em seu socorro. O vilão pega o revólver do filho de Sophia e rende a mocinha: “Abaixem as armas. Ou eu mato a Clara”. Ao sacar sua arma, um policial morre. Outro que saca seu revólver sem ser notado é Patrick. O advogado atinge o pescoço de Renato. “Eu vou sair livre. Foi legítima defesa. Mas você mereceu. Você matou minha tia Beatriz (Nathalia Timberg)”, diz o magistrado perto do vilão, que morre.

Foto reprodução

....

COMPARTILHAR