“O outro lado do paraíso” Racista, Nádia fica chocada ao ver o rosto do neto

A personagem Nádia (Eliane Giardini) terá uma grande surpresa nos próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso. Nas cenas previstas para irem ao ar no início de abril, após uma passagem de tempo de vários meses, o filho de Karina (Priscila Assun) e Diego (Arthur Aguiar), finalmente, vai nascer.

Cheia de expectativas em relação ao neto, a ex-mulher do juiz, que estará morando com Odair (Felipe Titto), cuidará da ex-prostituta como uma rainha em sua casa, enquanto desdenha de Raquel (Erika Januza), deixando claro que não aprova o seu relacionamento com o seu outro filho, Bruno (Caio Paduan), por ela ser negra.

Foto reprodução/TV Globo

A racista fará um discurso de ódio ao ser confrontada pelo delegado, que pede: “Cê vai falar com a Raquel, prometer que não vai mais interferir na nossa relação. Eu vou junto. E cê pede perdão pra ela por tudo que aprontou”. “Nunca. Quer que eu soletre? N U N C A. Nunca…”, esbraveja Nádia.

“Porque eu não quero ter um neto… como seria o filho de vocês… Me prenda, se quiser. Não quero netos torradinhos. Minha família é branca e vai continuar branca”, completa. Momentos depois, a bolsa de Karina se rompe e Nádia pede: “Diego, faça alguma coisa. Chame a ambulância, avise o obstetra. Vai nascer, Diego!”.

Animada, ela faz questão de anunciar para o mundo que o seu primeiro neto vai nascer. “Venha, Gustavo, é seu neto. É um favor que estou fazendo, venha ver seu neto nascer. Viu como sou generosa?”, dirá ao juiz. Em seguida, liga para Odair: “Odair, avise no salão que não volto hoje, meu neto vai nascer”.

“Venha, meu Potrão. Você também é da família”, pede ela ao namorado. Por fim, liga para o filho: “Bruno, venha correndo, seu sobrinho vai nascer”. Ela é advertida pelo médico por estar usando o celular e, eufórica, comenta: “Quero avisar algumas amigas que meu neto vai nascer”.

“Quero o melhor quarto. O mais luxuoso para meu neto tão esperado e minha nora, que me faz tão, tão feliz”, anuncia ela, que mal sabe o que está para acontecer. A loira faz questão de assistir o parto e pede: “Quero ver meu neto nascer. Não sabe como esperei esse momento, doutor”.

“Foi a mim que minha nora se dirigiu quando soube que estava grávida. Agora estamos aqui. Me sinto tão grávida quanto ela. É como se a criança que vai nascer fosse minha”, declara, e o doutor diz que ela poderá entrar. “Eu mereço”, comenta. Na sala do parto, ela pergunta: “Está tudo bem, doutor?”, e ele pede silêncio.

“Desculpe. Não sabe como esse neto é precioso para mim. É o primeiro!”, comenta, feliz, ao lado do ex-marido e do filho. Karina faz força e Nádia segue comentando: “Ah…vai nascer, vai nascer…”. Diego comemora: “Meu filho, vai nascer”. E o doutor tira o bebê, sendo auxiliado pela enfermeira, enquanto todos observam.

É aí que Nádia fica em choque: Nasce um bebê negro.

Você acha que a criança vai mudar o pensamento da racista ou vai reforçar ainda mais o seu preconceito?

....

COMPARTILHAR