Ônibus cai em ribanceira na BA-093 e deixa 32 feridos

    650x375_1345028Um ônibus da empresa VSA, que fazia a linha Simões Filho-Camaçari, caiu em uma ribanceira na manhã desta terça-feira, 6, por volta de 7h, e deixou 32 pessoas feridas na BA-093. O acidente aconteceu no km 7 da rodovia, na região do município de Simões Filho (a 31 quilômetros da capital baiana, na Região Metropolitana de Salvador).

    De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), inicialmente havia cerca de 50 vítimas, mas foi confirmado em seguida o número de 32 pessoas feridas. Destes, 16 inspiram mais cuidados, mas nenhuma está em estado grave.

    O acidente aconteceu na região do distrito de Pitanga de Palmares, após o pedágio. Duas viaturas da PRE atenderam as vítimas, junto com o Corpo de Bombeiros e os socorristas da concessionária Bahia Norte.

    650x375_1345029As vítimas cujo estado de saúde inspira mais cuidados foram socorridas por cerca de 15 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral de Camaçari. Já os outros feridos sem gravidade foram encaminhados para o Hospital de Simões Filho. Além dos passageiros, também ficaram feridos o motorista do ônibus, Rubens Santos da Silva, e o cobrador, Reinaldo Nascimento Barros Pereira.

    Segundo uma passageira, de prenome Edna, o motivo do acidente teria sido a falta de freio do veículo, que teria provocado a queda na ribanceira após uma curva. Moradores da região afirmaram que acidentes como este são comuns na localidade. “Já caíram três ônibus nesta mesma ribanceira”, afirmou o pedreiro Carlos Rodrigues.

    Já o comerciante Gerson Silva ressalta as más condições dos ônibus que realizam o transporte de passageiros na rodovia. “Os veículos não têm manutenção e nem são fiscalizados pela Agerba. Além disto, somente esta empresa faz esta linha, e sempre falta freio”, revela.

    Por conta do acidente, o trânsito ficou bastante congestionado na rodovia, pois apenas um sentido era liberado de cada vez. Com a saída das ambulâncias, o tráfego de veículos já voltou a fluir normalmente.

    Fonte: A Tarde