Para agradar a todos, Wagner vai sair como deputado federal em 2014

    jaqueswagner_encontro_bocaoParece que o governador da Bahia, ao contrário dos possíveis nomes que podem se candidatar à vaga dele, já se decidiu. Vai disputar o cargo de deputado federal em 2014.

    A informação, que já circula nos bastidores da política baiana e nacional, vem como um alívio para muitos que precisam e já pedem o apoio do petista nos próximos anos. Em 2014, as possibilidades de Wagner seriam o senado, a presidência ou o parlamento. Como senador, Wagner pode ficar à base de analisar e votar projetos de lei, presidente seria sonhar alto demais para o momento – mas não uma peça descartável diante do relacionamento primordial que tem com Dilma Roussef (PT).

    Não foi à toa que Dilma passou o Carnaval com a família na Praia de Inema, na Base Naval de Aratu, em Salvador e antes de embarcar para Brasília tomou café com o governador Jaques Wagner (PT), para tratar de assuntos de interesse da Bahia e relacionados à política. Logo após a folia momesca, Wagner embarcou para Brasília, onde teve agenda com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, sobre o novo marco regulatório da área mineral e teria tratado com a presidente de demandas pontuais da Bahia.

    “O Estado tem buscado uma parceria permanente com o governo federal nas políticas de convivência com a seca. Dentro de 30 dias é possível que seja inaugurada a Adutora do São Francisco, na região de Irecê”, informou Robinson Almeida, secretário de Comunicação.

    Dilma já foi convidada pelo governador para vir à inauguração da Arena Fonte Nova, no dia 29 de março, data de aniversário de Salvador.

    E, é se apoiando nesta influência junto à Câmara Federal que o petista pode – como ele revelou a fontes ligadas ao Bocão News – ser uma opção “para agradar a todos”.

    Para não ficar mal na fita e responder pelo Estado em Brasília, nada mais coerente e tranquilo do que apostar em uma das cadeiras do planalto. Até lá, serão pouco mais de 900 dias de campanha e muitos ‘aliados’ que não irão perder tempo de se aproximar.

    Fonte: Bocão News