Pastor é preso após estuprar e roubar pertences de três mulheres

img-20151113-wa0027Um pastor e representante comercial, de 33 anos, foi preso pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (13), em Itapemirim, Sul do Espírito Santo. O investigado é suspeito de estuprar e roubar pertences de três mulheres no mês de outubro. As vitimas, que o reconheceram por meio de uma fotografia, possuem 19, 27, 33 anos e moram em Piúma, na mesma região.

Segundo o delegado da Polícia Civil de Piúma, Geraldo Rodrigues Pessanha, o pastor estuprava as vítimas e depois roubava pertences delas. Na residência dele foram encontrados o veículo utilizado para o estupro, uma pistola de ar e os objetos roubados das mulheres.

Apesar dos três estupros, o delegado acredita que mais casos tenham ocorrido no estado. “Acredito que ele tenha cometido estupro com outras mulheres. Caso alguém o reconheça pela foto, pedimos que denuncie”, comentou o delegado.

O investigado foi encaminhado para delegacia de Piúma em prisão temporária por 30 dias. A Polícia Civil está aguardando a decisão do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) para prisão definitiva.

O delegado Geraldo afirmou que ainda vai investigar a passagem do suspeito pela polícia, pois ele morava em Minas Gerais, mas se mudou  para a cidade de Itapemirim há três anos. Pelos crimes de três estupros e roubos, o pastor pode pegar mais de 50 anos de prisão.

* Com informações de Raquel Lopes, do 18º Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta.