“Patricinha, maria gasolina ou camarão?” Novo aplicativo é lançado para avaliar mulheres

bolinhaOs homens ainda não desistiram da tão sonhada ‘vingança’ do aplicativo Lulu. Dessa vez um grupo de brasileiros de São Paulo, desenvolveu o aplicativo Clube do Bolinha, que traz adjetivos para os homens calssificarem as mulheres, como”patricinha”, “Maria gasolina”, “camarão”, e “só faz miojo”, além de poder atribuir uma nota de 0 a 10.

De acordo com Murilo Vianello, 23, um dos desenvolvedores, o aplicativo não tem conteúdo agressivo. Em entrevista a Folha, Vainello disse que a proposta é diferente do Lulu. “Não  temos conteúdo agressivo. Nossa intenção não é denegrir a imagem da mulher, mas sim aproximá-la do que ela mesmo faz, das próprias avaliações”, garante.

Ainda de acordo com Murilo, existem diversas possibilidades em reação ao programa e que as pessoas que estão no ‘mercado’, estão sujeitas a esse tipo de ação. “Haverá pessoas que não se sentirão bem, que escolherão retirar o conteúdo (perfil do app), vão querer processar. Mas, se você está no ‘mercado’, está sujeito a isso: as pessoas podem te aprovar e podem não te aprovar”, disse.

Todos os perfis cadastrados no Facebook podem ser avaliados, mas caso a pessoa deseje pode remover sua página na central de apps da rede social.  Ao avaliar uma mulher, é preciso responder que prioridades ela tem (festas, trabalho, igreja), como é a experiência sexual com ela, a companhia e outros pontos.

No momento, só é possível ver as notas dos seus contatos na rede, mas uma função de busca deve ser implementada. Homens e mulheres podem verificar as avaliações distribuídas

Os comentários têm autoria registrada para evitar problemas legais, porém não ficará visível para os usuários. “Caso a pessoa se sinta lesada por alguma avaliação, pode pedir e a gente consegue rastrear essas informações”, explica Vianello.

O app foi lançado no sábado (7) e divulgado nesta segunda-feira (9). Uma versão para iPhone do app já foi enviada para avaliação e liberação da Apple.