Perto de acesso histórico à série C, presidente da Jacuipense reclama de falta de apoio

presidenteHá apenas dois anos na primeira divisão do futebol baiano, a Jacuipense está mostrando por que dominava os adversários quando disputava o Campeonato Intermunicipal. A equipe de Riachão do Jacuípe está a apenas dois jogos de conseguir um acesso histórico à Série C do Campeonato Brasileiro, mesmo sem ter o devido apoio da prefeitura local.

Em conversa com a equipe dos Galáticos Online, o presidente do clube, Felipe Sales, falou sobre o desejo de fazer da equipe a tão sonhada terceira força do futebol baiano, mas cobrou apoio para dar continuidade ao trabalho que vem dando resultado nas últimas temporadas.

“Importante essa fase que estamos passando. A gente na verdade vai alimentando um sonho de ir para a Série C e, ao mesmo tempo, se consolidar como a terceira força do futebol baiano. Estamos focados para chegar a estes objetivos apesar de não ter o apoio esperado da nossa cidade”, explicou.

O dirigente destacou que os torcedores, como já acontece desde os tempos de Intermunicipal, vem apoiando a equipe no que é possível. A prefeitura, por sua vez, teria inclusive prometido uma parceria ao longo da disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, mas ainda não se juntou ao time da Jacuipense na briga para chegar onde clubes como Conquista, Bahia de Feira e  Colo-Colo falharam, já que surpreenderam no Baianão, mas pouco apresentaram a nível nacional.

“O projeto é de chegar bem na Série C. A cidade é pequena e, apesar do torcedor gostar muito, a prefeitura não nos apoia, não temos um centavo deles. Uma das esperanças é que, chegando na terceira divisão, a gente consiga um parceiro que nos permita manter o bom nível das contratações”, analisou o presidente da Jacuipense.

Nas quartas de finais da Série D, a Jacuipense terá o Confiança-SE pela frente, com a primeira partida sendo disputada na Bahia, no próximo domingo (12), às 16 horas no estádio Joia Princesa, em Feira de Santana. O jogo de volta está marcado para o domingo seguinte (19), às 17 horas, no estádio Presidente Médici, em Itabaiana.

Caso elimine os sergipanos, o time baiano se classifica automaticamente para a Série C do Brasileirão em 2015. (Bocão News)