Pesquisa diz que consumo de carne vermelha pode aumentar risco de Alzheimer

    carne-vermelha-ceia-de-natal-1324387494160_956x500Ingerir carne vermelha em demasia pode aumentar o risco de mal de Alzheimer. A constatação é de pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, que descobriram em testes com pacientes com a doença, um aumento no nível de ferro no hipocampo. A região do cérebro é geralmente danificada nas fases iniciais da doença. Os cientistas também descobriram que os níveis de ferro estavam ligados a danos nos tecidos em pacientes de Alzheimer, mas não em idosos saudáveis. Mesmo que o estudo não prove que o ferro seja uma das causas do Alzheimer, os resultados sugerem que o nutriente pode “contribuir” para a causa. Também pode ser constatado que a diminuição do consumo de carne vermelha e de suplementos de ferro pode reduzir a quantidade de ferro no cérebro. Os cientistas fizeram estudos com base nas proteínas Tau e beta-amilóide coletados de cérebros de pacientes e associados ao rompimento ou morte de neurônios. (O Globo)