Philippe Coutinho se emociona com criança vestindo camisa improvisada da seleção

Philippe Coutinho está concentrado em Moscou com a Seleção Brasileira à espera do jogo decisivo contra a Sérvia, na quarta-feira. Mas, na tarde desta segunda, o meio-campista se emocionou com um pequeno morador da Vila Cruzeiro, favela na Zona Norte do Rio a mais de 11 mil quilômetros de distância da capital russa. Wallace, de 12 anos, assistia à partida do Brasil contra a Costa Rica em uma rua da favela onde nasceu quando foi fotografado vestindo uma camisa do Brasil improvisada. Sem dinheiro para comprar um uniforme oficial, vendido nas lojas por R$ 250, Wallace pintou com uma caneta verde o nome de Coutinho e o número 11. O fotógrafo Bruno Itan, que tem se dedicado a registrar imagens de favelas da cidade durante os jogos do Brasil, foi o autor da foto, que chegou ao craque do Barcelona menos de quatro horas após Bruno postar um pedido de ajuda nas redes sociais.

O que me chamou atenção no Wallace foi sua criatividade. Ele não tem dinheiro, mas nem por isso deixou de torcer com o nome e o número do seu jogador favorito – disse Bruno, criador do projeto Olhar Complexo, que ensina crianças e adultos do Complexo do Alemão, onde ele mora, a fotografar. – Antes de fotografar, eu o vi e fiquei esperando o Coutinho passar na tela, na hora do hino nacional, para compor a foto. Mas não falei com ele naquele dia, só consegui encontrá-lo depois, também com ajuda dos amigos nas redes sociais – conta Bruno.

Menos de quatro horas após a publicação da foto, veio a surpresa: Coutinho curtiu a foto e, depois, escreveu um comentário público, no Instagram de Bruno: “A foto chegou aqui!! Te mandei mensagem no privado, quando puder você responde!”. A mensagem privada foi assim: “Fala Bruno, tudo bem?! Vi a foto desse menino e fiquei emocionado e com vontade de conhecê-lo. Vi também que através da sua postagem você tinha como entrar em contato com ele! Um abraço e aguardo uma resposta!”.

 Desde que Coutinho reagiu à postagem, a foto viralizou: até o momento (às 20h de segunda-feira), eram quase duas mil curtidas. Bruno conta que ficou emocionado com a mensagem do jogador:

Foto reprodução

– Foi uma corrente do bem que fez a foto chegar ao Coutinho. Só foi possível com a ajuda dos amigos. Fiquei emocionado com a simplicidade dele – disse.

Wallace ainda não sabe da novidade.

– A família dele é muito humilde. Tomara que sua vida mude a partir de agora.

....

COMPARTILHAR