PMs fazem vaquinha para cadeirante abandonada na capital voltar para casa no interior

8s1bm8aa68_9oz6l9wkcr_fileTrês policiais da 39ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) avistaram uma mulher em uma cadeira de rodas visivelmente aflita, enquanto realizavam o motopatrulhamento pela orla de Salvador na noite de sexta-feira (11).

Ao se aproximar para averiguar a situação, os policiais perceberam que a mulher chorava muito. Ao perguntarem o que tinha se passado, Keliane de Jesus, 28 anos, disse que tinha vindo de carona da cidade de Feira de Santana, localizada a 108 km da capital, com um conhecido e que ele a havia deixado naquele local. Disse ainda que era órfã de pai e mãe e não dispunha de qualquer recurso para regressar ao município.

Os policiais, incialmente, mantiveram contato com a pessoa mais próxima da cadeirante, uma senhora chamada Marta residente também em Feira de Santana, que confirmou a história e disse que também não tinha dinheiro para vir buscá-la em Salvador.

Os policiais resolveram, então, pagar a passagem até Feira de Santana para a mulher e Marta disse que estaria esperando por ela na rodoviária do município.