Polêmica: Jornalista se demite ao vivo após ser impedido de fazer pergunta a Bolsonaro em entrevista

Um jornalista se demitiu ao vivo após ser, segundo ele mesmo, censurado em entrevista concedida por Jair Bolsonaro.

Trata-se de Juremir Machado, que estava no programa de Rogério Mendelski na Rádio Guaíba do Rio Grande do Sul. O candidato à presidência deu entrevista para a atração, ao vivo, com a exigência que só falaria com Mendelski, tendo os demais jornalistas da bancada, Jurandir, Voltaire e Juremir, permanecer em silêncio.

Foto reprodução

O apresentador não passou a palavra para ninguém e fez uma entrevista “chapa branca” com o presidenciável. Após a despedida do candidato, Juremir indagou: ‘Nós podemos dizer que o candidato nos censurou?’, o que foi negado por Manfelski.

Então Juremir disse: “Eu achei humilhante e por isso estou saindo do programa. Foi um prazer trabalhar aqui dez anos”, e se retirou do estúdio, deixando todos desconcertados. Em seguida, o âncora perguntou para os outros dois, e enquanto um disse que achou normal, o outro comentou: “Eu preciso do meu emprego”.

Foto reprodução

....

COMPARTILHAR