Polícia de SP prende suspeito de matar baiana de Quijingue e esconder corpo em bolsa

    20_26_52_114_fileUm suspeito de matar a baiana Valdirene Santana dos Santos, 21 anos, em São Paulo, foi preso na terça-feira (7) na zona leste da capital paulista. Leomar Martins Costa, 40, confessou o crime, segundo a polícia, mas afirmou sofrer de problemas psicológicos.

    De acordo com o G1, a Polícia Civil informou que Leomar já era procurado desde 2008, quando fugiu da prisão. Ele cumpria pena por roubo e estupro. A suspeita é de que o crime tenha ocorrido na casa do suspeito, onde havia marcas de sangue, além de um chinelo e facas.

    O corpo de Valdirene foi encontrado no último domingo (5) por uma moradora da rua na Vila Carolina. Ela estava dentro de uma bolsa e enrolada em um lençol branco com manhas de sangue. A polícia informou que o corpo estava com lesões aparentes no rosto, com um corte intenso e profundo do abdômen até a região lombar direita e que estava usando apenas uma camiseta branca.

    De acordo com a polícia, do outro lado da rua havia uma câmera de segurança, mas no local não havia ninguém que pudesse informar se a câmera estava funcionando.

    Valdirene era empregada doméstica e saiu da Bahia com a família em 2009. Natural de Quijingue, a 322 km de Salvador, ela era mãe de uma menina de 6 meses e tinha quatro irmãos.

    A vítima foi vista deixando um bar com Leomar na noite de sábado (4). Segundo familiares, Valdirene esteve com a mãe e amigas em um forró. Ela saiu com um homem do local e não foi vista novamente.

    “Minha mãe esperou por ela até a madrugada, mas ela não voltou. No outro dia fomos para hospitais, mas não encontramos. Só quando vimos na TV que uma mulher tinha sido encontrada em uma mala é que pensamos que poderia ser ela”, contou o irmão, de 15 anos, ao G1.

    Informações do G1